Airbus vai produzir a linha A320 nos Estados Unidos

Airbus vai produzir a linha A320 nos Estados Unidos

Linha de montagem vai reunir os modelos A319, A320 e A321, com expectativa de produzir de 40 a 50 aeronaves por ano. Airbus espera gerar cerca de 210 mil empregos diretos e indiretos no país

Avianca passa a utilizar mais um A320neo
Azul inaugura vôo com A320neo em Boa Vista (RO)
Airbus A-320 já transportou 7 bilhões de passageiros

A Airbus anunciou a construção de uma unidade produtiva para a montagem e distribuição das aeronaves da família A320 na cidade de Mobile, Alabama, nos Estados Unidos. Essa será a primeira linha de produção da empresa em solo norte-americano. O investimento estimado é de US$ 600 milhões.

A fábrica no Alabama integrará a produção dos modelos A319, A320 e A321 e o início das obras para a construção da linha de montagem está previsto para 2013. A montagem efetiva de aeronaves está prevista para começar em 2015, com as primeiras entregas a partir do início de2016. Airbus prevê que a instalação irá produzir entre 40 e50 aeronaves por ano, até 2018.

“Os EUA são um dos maiores mercados da aviação e têm uma necessidade projetada para 4.600 aeronaves nos próximos 20 anos e esta linha de montagem nos aproximade nossos clientes. Mobile agora está se tornando parte da rede Airbus de produção mundial, ao juntar-se com as linhas de montagem em Hamburgo, Toulouse e Tianjin”, comentou Fabrice Brégier, presidente e CEO da Airbus.

A companhia ressaltou que a linha de montagem, que irá criar empregos e fortalecer a indústria aeroespacial no país, é parte de sua estratégia para atender à demanda do mercado americano e de países próximos.

“Devemos agradecer a tantas pessoas que ajudaram a tornar este esforço um sucesso. Este projeto vai criar cerca de 1.000 empregos estáveis ​​e bem remunerados que as pessoas desta área precisam e merecem. Airbus e sua controladora, a EADS, têm sido grandes cidadãos doAlabama há anos, e estamos entusiasmados por poder contar com esse relacionamento maravilhoso”, afirmou Robert Bentley, Governador do Alabama.

A Airbus já opera um centro de engenharia no Alabama,também em Mobile, localizado no complexo industrialBrookley Aeroplex e emprega mais de 200 engenheiros e pessoal de apoio. A empresa também controla a Airbus Military, unidade de operação de serviços de apoio a aeronaves da Guarda Costeira americana.

A linha montagem da Airbus em Mobile vai aumentar a capacidade de produção já existente nos Estados Unidosjuntamente com outras empresas da EADS. Por exemplo, a American Eurocopter, fábrica de helicópteros em instalações em Columbus, Mississippi e em Grand Prairie, Texas.

Airbus é o maior cliente de exportação para a indústria aeroespacial dos EUA. Desde 1990, a empresa gastou U$127 bilhões com fornecedores americanos, U$ 12 bilhões só no ano passado.
Entre parceiros e fornecedores em mais de 40 estados dos EUA  a Airbus pretende gerar cerca de 210.000 empregosno País.

COMMENTS