Infraero oferece serviço de nacionalização de carga marítima

Empresa pretende expandir as operações nesse ramo para suprir a demanda crescente e otimizar a estrutura para situações pontuais

Motor Rolls-Royce equipará aeronaves da Lufthansa
Demanda da aviação doméstica tem o melhor outubro desde 2000
Justiça Federal bloqueia bens da Pluna no Brasil

A Infraero, depositária da Receita Federal, autorizada a receber cargas procedentes do exterior, que tenham sido transportadas ao Brasil por qualquer tipo de modal, formaliza sua participação no serviço de nacionalização de carga marítima, com operações de emergência e de auxílio a portos.

A empresa realizou uma operação, no aeroporto de João Pessoa (PB), durante a interdição do porto da região, onde recebeu em menos de uma semana 48 toneladas de carga. Em Goiânia a Infraero também nacionalizou em seu complexo logístico, mais de 5 mil toneladas de carga, originárias do modal marítimo, oque representou 90% de toda a movimentação do terminal. A Infraero pretende para esse terminal a construção de um novo estacionamento para caminhões de grande porte, com o objetivo de duplicar a capacidade atual.

A Infraero oferece também os serviços de desova e estufagem contêineres (retirada ou acomodação da carga do interior do contêiner marítimo), acondicionando em unidade adequada para a movimentação no modal de transporte.

COMMENTS