Empresas de tecnologia desenvolvem soluções para aferir jornada de motoristas

Equipamentos permitem o controle do tempo de trabalho de motoristas, auxiliando No planejamento das viagens e na fiscalização da lei 12.619, que estabelece o tempo de direção e a jornada diária de trabalho

Mercado aquecido turbina resultados de bancos próprios
Volvo apresenta o caminhão mais rápido do mundo
Braspress totaliza 100 filiais em todo o Brasil

Com a entrada em vigor da lei que regulamenta a profissão de motorista (12.619), as empresas e profissionais do setor buscam meios para a adaptação do modo de trabalho. Com as empresas de tecnologia não foi diferente: muitas já desenvolvem equipamentos que auxiliam na contabilização das horas de trabalho e no controle das pausas durante a jornada.

A complexidade da aplicação e fiscalização dessas novas medidas exigiu a criação de aparelhos específicos. Com essa necessidade duas empresas saíram na frente e apresentaram suas soluções para o mercado.

A Sascar lançou o “Sascar Tempo de Direção”, o produto realiza o cruzamento de dados diários das viagens do motorista com a carga horária estabelecida por lei, além de apresentar relatórios detalhados sobre a condução do motorista e apontar as infrações cometidas, distância percorrida e número de horas descansadas.

A OnixSat também oferece um produto similar que, além de levantar a jornada do motorista com base em uma carga horária pré-estabelecida, a quantidade de horas trabalhadas no período noturno, a jornada ininterrupta do motorista e a troca de motoristas em um mesmo veículo, traz a novidade batizada de “Ignição Biométrica”.

A Ignição Biométrica é instalada próxima à ignição do veículo e permite o embarque de digitais de até 50 usuários e é por meio deste, que se torna possível a identificação individualizada do motorista e de sua jornada de trabalho.

COMMENTS