Japão freta 15 voos de Antonov An-124 para Uganda

Contingente japonês na missão de paz das Nações Unidas no país africano recebeu veículos não militares, geradores de energia, equipamentos de comunicação e suprimentos

DB Schenker fortalece presença no continente africano
AmstedMaxion fecha nova parceria na África
Marcopolo vai exportar 63 ônibus para o Gabão, na África

A Ruslan International, empresa que comercializa os serviços da Antonov Airlines e da Volga Dnepr, detentoras da única frota dos aviões cargueiros Antonov An-124 no mundo, organizou 15 voos de cargas entre as cidades japonesas de Narita e Chitose, com destino a Entebbe, na Uganda.

O fretamento dos voos foi necessário para o transporte de equipamentos de comunicação, veículos não militares, suprimentos, geradores de energia e cargas em contêineres para o destacamento japonês da missão de paz da Organização das Nações Unidas em Uganda.

O transporte, de mais de 13 mil quilômetros, transcorreu normalmente, de acordo com o gerente de Desenvolvimento de Negócios da Ruslan International, Michael Goodisman. “O Antonov An-124 foi crucial para a operação, devido à quantidade de carga e de itens a serem transportados. Nossa frota numerosa garantiu que a missão pudesse ser realizada, com a performance necessária para a grande escala da operação”, comenta o gerente.

Ao chegar a Entebbe, no país africano, a carga dos Antonov foi distribuída em aviões menores e caminhões para a transferência ao sul do Sudão.

COMMENTS