Bridgestone descobre que a planta “dente-de-leão” pode ser uma fonte sustentável de borracha natural

Planta apresenta alto potencial para produzir borracha para pneus com viabilidade econômica

Fim do mês trará eventos importantes dos setores de pneus e borracha
Firestone tem novo pneu rodoviário para pesados
Grupo ZF vai investir R$ 532 milhões em Sorocaba (SP) até 2016

A Bridgestone Corporation anunciou que a pesquisa conduzida pela Bridgestone Americas Tire Operations (Bridgestone Americas) com a planta Dandelion, originário da Rússia, conhecido no Brasil como dente-de-leão, tem produzido resultados promissores, indicando que a borracha extraída dessa planta pode se tornar comercialmente viável e uma fonte renovável de alta qualidade para a fabricação de pneus.

“Nós sabemos que existem mais de 1.200 tipos de plantas a partir das quais a borracha poderia, em teoria, ser extraída, mas encontrar uma que produza borracha com a qualidade e a quantidade necessária para atender às demandas atuais do mercado de pneus é um desafio”, diz o Presidente do Centro de Pesquisas e Tecnologia da Bridgestone Américas, Dr. Hiroshi Mouri.

As subsidiárias da Bridgestone irão realizar testes adicionais com a borracha natural extraída da “dente-de-leão” em seus laboratórios técnicos em Akron e Tóquio neste verão, com testes em maior escala que acontecerão em 2014.

COMMENTS