Iveco bate recorde em venda de ônibus híbridos na França

Cidade francesa de Dijon comprou 102 unidades que farão parte de uma frota de mais 200 ônibus híbridos diesel-elétricos que já circulam no país

Air France entra na briga dos voos de baixo custo com nova aérea Hop!
Mercedes-Benz testa caminhão totalmente elétrico na Europa
Mercedes-Benz investe em modelo híbrido para a distribuição urbana na Europa

A matriz da Iveco recebeu uma encomenda recorde para sua linha de ônibus híbridos diesel-elétricos. A cidade francesa de Dijon comprou 102 unidades, sendo 41 standard e 61 articulados, que tem como base os modelos Citelis de 12 e 18 metros.

Essa encomenda amplia o número de veículos híbridos diesel-elétricos em circulação na França e indicam uma tendência de crescimento. Cerca de 200 unidades já circulam em cidades francesas de Poitiers, Toulon, Paris e na ilha de La Reunion. Outros ônibus híbridos foram encomendados pelas cidades de Rouen, Annecy e Bordeaux.

“A Iveco está investindo na popularização dos combustíveis alternativos, como esses ônibus híbridos comprovam”, destacou Franco Miniero, vice-presidente da divisão de ônibus da Iveco. “Os ônibus híbridos diesel-elétricos da Irisbus Iveco são de 25 a 35% mais eficientes e menos poluentes que um ônibus diesel normal”.

A energia elétrica é utilizada para a partida da imobilidade, enquanto o motor diesel entra em operação com o veículo já em andamento. As baterias acumulam energia durante as frenagens, que é reutilizada no momento da aceleração. Por causa dessa configuração, o motor diesel tem cilindrada 25% menor que o normalmente exigido pelo tamanho do veículo. O gerador elétrico também elimina o uso do motor de arranque, alternador e correias.

“Os resultados ambientais são significativos”, informa Miniero. Calcula-se que a redução de emissões de CO2 pode chegar a meio quilo por quilômetro. Se um ônibus urbano roda 50.000 km em média por ano, isso significa uma redução de 25 toneladas de emissões de CO2 para a atmosfera.

COMMENTS