Governo amplia Procaminhoneiro e derruba juros para 5,5% ao ano

Governo amplia Procaminhoneiro e derruba juros para 5,5% ao ano

Medida faz parte do pacote de incentivos e estímulo ao investimento anunciado esta semana pelo Governo Federal. Financiamento para caminhões teve prazo estendido de 96 para até 120 meses

Setor de combustível e energia desperta interesse da DHL no Brasil
BNDES soma R$ 46 bilhões em desembolsos de janeiro a maio deste ano
Entrevista com o presidente da Unicam, José Araújo “China” da Silva, sobre o Procaminhoneiro

O Governo Federal anunciou esta semana um pacote de medidas de incentivo aos investimentos, com aporte de R$ 45 bilhões do Tesouro Nacional e participação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que vai se traduzir na redução das taxas de juros e ampliação da oferta de crédito para a compra de veículos, equipamentos e financiamento de pesquisas de inovação.

O programa Procaminhoneiro, que oferece condições especiais para a renovação da frota de transportadores autônomos, foi um dos beneficiados e teve sua taxa anual de juros reduzida de 7% para 5,5%. O prazo máximo para os financiamentos aumentou de 96 meses para até 120 meses.

Os programas de fomento à compra de caminhões, máquinas, ônibus e equipamentos, que fazem parte do BNDES PSI, tiveram prorrogação para dezembro de 2013. Para a compra de ônibus e caminhões, as taxas caíram de 10% para 7,7% ao ano e o nível máximo de participação do banco foi aumentado de 80% para 100%, para micro, pequenas e médias empresas, e de 70% para 90% para grandes empresas.

Os juros para aquisição de máquinas e equipamentos caíram de 8,7% ao ano para 7,3%, no caso de grandes empresas, e de 6,5% para 5,5%, no caso de micro, pequenas e médias.

Saiba como utilizar o Procaminhoneiro

COMMENTS