Lufthansa Cargo tem lucro operacional de 249 milhões de euros

Empresa faturou 2,9 bilhões de euros no ano passado e o lucro representa o segundo melhor resultado da história da empresa, apesar das condições externas adversas

Azul faz parceria para venda e distribuição mundial de passagens aéreas
MAN apoia estudo sobre mobilidade urbana em todo o mundo
Lufthansa trará seleção alemã para a copa no Brasil em avião menor

A Lufthansa Cargo comemora o segundo melhor resultado de sua história, alcançado em 2011. De acordo com a empresa, o lucro operacional do ano passado foi de 249 milhões de euros e o faturamento total ficou na casa dos 2,9 bilhões de euros.

Para o presidente da empresa, Karl Ulrich Garnadt, que apresentou os resultados em Frankfurt, na Alemanha, os resultados são muito bons e foram obtidos em um cenário de condições externas adversas. Neste ano, Garnadt revela que a empresa terá dificuldades consideráveis, como a proibição de voos noturnos em Frankfurt e outras restrições operacionais.

“Conseguimos mais uma vez melhorar sensivelmente o nível de qualidade no ano passado e batemos novos recordes em todas as áreas. Vamos continuar seguindo esse rumo e ampliar ainda mais nossa liderança em qualidade”, diz o presidente.

A companhia tem um programa estratégico de investimentos de longo prazo, denominado “Lufthansa Cargo 2020”, que prevê a encomenda de novos cargueiros Boeing 777, renovação dos sistemas de TI, reforma do centro de logística em Frankfurt, que já opera há 30 anos, e conquista da liderança no setor de carga aérea no ano de 2020.

Em 2011, a Lufthansa Cargo transportou 1,9 milhão de toneladas de cargas e correio e comercializou 9,5 bilhões de toneladas-quilômetro. Com 4.600 funcionários, a empresa serve a uma malha aérea com 300 destinos em 100 países, utilizando seus cargueiros e os compartimentos de carga dos aviões de passageiros da Lufthansa e da Austrian Airlines, além de frota terrestre.

COMMENTS