Latam pode ser primeira latina a operar o A-380

Latam pode ser primeira latina a operar o A-380

Empresa, fruto da fusão entre TAM e LAN, poderá operar o gigante. Airbus estima que a América Latina tenha demanda para 41 modelos A380, 26 só no Brasil, nos próximos 20 anos

Lufthansa coloca terceiro Airbus A-380 em operação
Emirates não tem planos de operar superjumbo A-380 em Guarulhos
Direto da Redação – TV Transporta Brasil – edição nº 6

A Latam, fusão entre a chilena LAN Airlines e a TAM Linhas Aéreas, demonstrou interesse em operar o maior avião de passageiros do mundo, o Airbus A-380, com capacidade que varia de 525 a 853 passageiros.  A informação é do vice-presidente executivo da Airbus para a América Latina, Rafael Alonso. A América Latina é a única região do mundo onde o A380 ainda não opera.

Em nota, a Airbus acrescentou que realiza encontros com diversas companhias aéreas, mas reiterou que isso não significa necessariamente uma venda de aeronave.

A Airbus estima que a América Latina tenha demanda para 41 modelos A-380 nos próximos 20 anos. Deste total, 26 no Brasil, segundo Alonso. Considerando-se o preço de tabela de US$ 300 milhões de cada A380, a previsão da Airbus para a América Latina significaria um investimento de US$ 12,3 bilhões na região. Apenas no Brasil, seriam US$ 7,8 bilhões.

Alonso informou que a Airbus vai alcançar o “break even” do investimento de US$ 12 bilhões no desenvolvimento do A-380 em 2015. Até o momento, 19 companhias aéreas fizeram a encomenda de 253 unidades. Estão em operação 71 aviões A-380 no mundo, em sete companhias. São 21 unidades na Emirates, 16 na Singapore, 12 na Qantas, oito na Lufthansa, seis na Air France, cinco na Korean Airlines e três na China Southern.

A Emirates já demonstrou oficialmente interesse em operar o A-380 no Brasil. A companhia já recebeu autorização da Infraero para operar essa aeronave no País no fim do ano passado, mas ainda não há definição sobre esse assunto.

Também é público o interesse da Lufthansa em operar o A-380 no Brasil. A rota mais provável é São Paulo-Frankfurt.

COMMENTS