Grupo Panalpina apresenta resultados positivos em 2011

Empresa com matriz suíça e atuação global teve R$ 250 milhões de lucro bruto no ano passado. Após ajuste cambial, lucro bruto da empresa cresceu 12% em um ano

Grupo Lufthansa anuncia encomenda de mais 25 Airbus A320
Aeroporto Campo de Marte, em SP, instala placas de captação de luz solar
United e Continental recebem certificado de operação conjunta

O Grupo Panalpina, de atuação global nos segmentos de transporte e logística, divulgou seus resultados de 2011 e anunciou lucro de 127 milhões de francos suíços, ou pouco mais de R$ 250 milhões no ano que passou.

De acordo com a CEO Monika Ribar “fizemos progressos muito bons em 2011. Foi um ano de sucesso, no qual conquistamos muito. Aumentamos nosso portfólio de clientes, fortalecemos nossas divisões de produtos com contratações-chave e inovações, fizemos duas aquisições e também expandimos nossa rede organicamente, especialmente em mercados emergentes. Quanto ao volume, não atingimos todas as nossas metas”, afirma a presidente.

Resultados operacionais

Em Frete Marítimo, os volumes atingiram um novo recorde em 2011. O crescimento de 6% esteve em linha com o mercado. A Panalpina transportou 1.310.000 TEUs (unidades equivalentes a 20 pés) contra 1.241.000 TEUs em 2010. O lucro bruto por TEU de Frete Marítimo caiu 8% (+3% após ajuste cambial) para todo o ano de 2011. Em Frete Aéreo, o crescimento do volume foi afetado negativamente pelo programa de restauração da lucratividade. A Panalpina transportou 848 mil toneladas, 5% a menos do que em 2010 com 892 mil toneladas. Entretanto, o foco na produção levou a um maior aumento no lucro bruto por tonelada de Frete Aéreo. O crescimento foi de 9% (+21% após ajuste cambial).

COMMENTS