UPS registra crescimento de 21% no último trimestre de 2011

Durante o período de férias, empresa manuseou uma média de 27 milhões de pacotes por dia em todo o mundo

Boeing, Embraer e FAPESP divulgam Plano de Ação voltada para indústria de biocombustível
Delta Air Lines cancela encomenda de 18 jatos da Boeing
Azul celebra um ano de operações em Ilhéus (BA)

No último trimestre de 2011, a UPS registrou crescimento de 21% em relação ao mesmo período do ano anterior. As receitas totais aumentaram 6% para US$ 14,2 bilhões (cerca de R$ 24,4 bilhões) e o lucro operacional ajustado subiu 17% para mais de US$ 2 bilhões (aproximadamente R$ 3,4 bilhões).

Na última semana de janeiro, a empresa anunciou uma mudança na contabilização de pensão para uma metodologia de valor de mercado. Adotado no quarto trimestre de 2011 e aplicado retrospectivamente, este novo método resultou em despesas depois de impostos de US$ 527 milhões e US$ 75 milhões (R$ 904,6 milhões e R$ 128,7 milhões) em 2011 e 2010, respectivamente.

“A UPS apresentou resultados recordes no quarto trimestre em volume, receita e rentabilidade”, afirmou Scott Davis, presidente e CEO da companhia. “Em suma, o trimestre atestou o poder do modelo global da UPS e a capacidade da empresa para operar com eficiência em mercados emergentes”.

Nos os três últimos meses de 2011, foram entregues pela empresa 1,13 milhão de pacotes – aumento de 3,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem operacional ajustada expandiu 140 pontos base para 14,3%. A margem operacional foi de 8,4%. Durante o período de festas, o volume diário global excedeu as expectativas, superando 25 milhões de encomendas em cinco dias diferentes. Em dois deles, foram 27 milhões de pacotes.

COMMENTS