UPS registra crescimento de 21% no último trimestre de 2011

Durante o período de férias, empresa manuseou uma média de 27 milhões de pacotes por dia em todo o mundo

Infraestrutura de transportes: o que esperar do segundo mandato de Dilma Rousseff?
Lufthansa cria tour virtual para apresentar programa de vantagens
British Airways comemora aumento de voos para o RJ

No último trimestre de 2011, a UPS registrou crescimento de 21% em relação ao mesmo período do ano anterior. As receitas totais aumentaram 6% para US$ 14,2 bilhões (cerca de R$ 24,4 bilhões) e o lucro operacional ajustado subiu 17% para mais de US$ 2 bilhões (aproximadamente R$ 3,4 bilhões).

Na última semana de janeiro, a empresa anunciou uma mudança na contabilização de pensão para uma metodologia de valor de mercado. Adotado no quarto trimestre de 2011 e aplicado retrospectivamente, este novo método resultou em despesas depois de impostos de US$ 527 milhões e US$ 75 milhões (R$ 904,6 milhões e R$ 128,7 milhões) em 2011 e 2010, respectivamente.

“A UPS apresentou resultados recordes no quarto trimestre em volume, receita e rentabilidade”, afirmou Scott Davis, presidente e CEO da companhia. “Em suma, o trimestre atestou o poder do modelo global da UPS e a capacidade da empresa para operar com eficiência em mercados emergentes”.

Nos os três últimos meses de 2011, foram entregues pela empresa 1,13 milhão de pacotes – aumento de 3,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem operacional ajustada expandiu 140 pontos base para 14,3%. A margem operacional foi de 8,4%. Durante o período de festas, o volume diário global excedeu as expectativas, superando 25 milhões de encomendas em cinco dias diferentes. Em dois deles, foram 27 milhões de pacotes.

COMMENTS