SEST SENAT quer formar 67 mil novos motoristas

SEST SENAT quer formar 67 mil novos motoristas

Cursos têm carga mínima de 160 horas e capacitam participantes para exercer as funções de motorista de caminhão, de carreta ou de ônibus rodoviário e urbano

Curso para motofretista abre 150 vagas em SP
TAP registra crescimento de 11,8% no número de passageiros em 2012
Pluna registra recorde de passageiros em um só dia de operações

O Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST SENAT) quer, com seu Programa de Formação de Novos Motoristas, formar 67 mil novos condutores de veículos de carga e passageiros em todo o País. O Programa tem como objetivo suprir a carência de mão de obra existente no setor.

“Esperamos que esta iniciativa possa contribuir para a capacitação de novos motoristas. Certamente, vai beneficiar tanto aqueles que procuram emprego e querem exercer a profissão, quanto as empresas, onde há vagas não preenchidas”, declara o senador Clésio Andrade, presidente das instituições.

A iniciativa está sendo desenvolvida em todas as unidades operacionais do SEST SENAT, distribuídas nas cinco regiões brasileiras. Os cursos são gratuitos e realizados em quatro módulos: básico, intermediário, especialização e prático.

Com carga mínima de 160 horas, os participantes poderão se habilitar para exercerem as funções de motorista de caminhão, de carreta ou de ônibus rodoviário e urbano. Para mais informações, basta visitar a página da instituição na internet: http://www.sestsenat.org.br.

COMMENTS