Em 2011, PSA Peugeot Citroën bate recorde de vendas na América Latina

Grupo francês vendeu 326 mil veículos na região. Somente no Brasil, companhia comercializou 174 mil unidade - alta de 1% em relação ao ano anterior

CNT realizará pesquisa Eficiência Energética no Transporte Rodoviário de Cargas
CNHTC firma acordo de cooperação com a Sinotruk Brasil para construção de planta em SC
Câmara aprova anistia para multas de caminhoneiros que bloquearam rodovias durante protestos

Pelo segundo no consecutivo, a PSA Peugeot Citröen bateu recorde de vendas na América Latina. Além disso, em 2011, a montadora superou pela primeira vez a marca de 300 mil veículos comercializados na região. Foram, no total, 326 mil unidades entre carros de passeio e veículos comerciais leves de suas duas marcas (Peugeot e Citroën).

O crescimento foi de 10,9% em relação a 2010, quando foram comercializadas 294 mil unidades. Esse, até então, era o ano que detinha o melhor marca local da empresa. “Esse desempenho reflete a nova estratégia comercial que estamos implantando em nossas marcas e o bom desempenho comercial de nossos novos veículos produzidos na América Latina, como o Citroën C3 Picasso e o Peugeot 408. Com a consolidação desta nossa estratégia e os novos automóveis de que lançaremos em 2012, começando nas próximas semanas pelo Peugeot 308, tenho a certeza que teremos uma performance ainda mais positiva neste ano que se inicia”, diz Carlos Gomes, Presidente Brasil e América Latina da PSA Peugeot Citroën.

Somente no Brasil, foram vendidos 176 mil veículos em 2011. A alta, em relação ao ano anterior, foi de 1% no País. Na Argentina e no Chile, o Grupo teve um ritmo muito mais acelerado do que a média. Como resultado, a empresa registrou crescimento de 34,1% no mercado argentino e de 28,2% no chileno.

COMMENTS