Rodovias Anchieta e Imigrantes terão novo sistema de segurança

Medidas incluem redução de velocidade e testes de equipamentos, visando reduzir número de acidentes sob condições de neblina

Os protagonistas de 2018
Diretor da Fenaseg defende regulamentar reutilização de peças para coibir desmanches
Retomada do setor: vendas de caminhões avançam 46,7% em 2018

A Artesp (Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo) aprovou que o limite de velocidade no início do trecho de serra da Rodovia dos Imigrantes seja reduzido de 120 para 100 quilômetros por hora a partir do dia 15/12. Atualmente esse já é o limite entre o km 56,3 e o km 43 e será estendido até o km 39. A nova regulamentação entrará em vigor com período educativo até o dia 22/12.

Um Conselho com representantes da Artesp, Polícia Militar Rodoviária, DER e usuários, como Sindicato dos Caminhoneiros, definiu também que a concessionária Ecovias deverá realizar testes de equipamentos com iluminação para situações de neblina intensa no trecho de serra das pistas, visando minimizar os problemas de visibilidade dos motoristas.

O limite de velocidade será ainda mais reduzido em condição de visibilidade abaixo de 100 metros, passando para 40 quilômetros por hora a partir do km 48,64, sentido capital (pista norte) da Imigrantes, até o km 43. Será acionada uma nova sinalização luminosa com piscantes em amarelo informando a redução de velocidade.

Nessas condições também será proibida a ultrapassagem dos veículos comerciais nos trechos de serra das pistas norte das rodovias Anchieta e Imigrantes. Os usuários serão comunicados sobre as alterações por meio dos painéis de mensagem variável instalados na rodovia. As medidas já foram aprovadas pela Artesp e homologadas pelo DER.

Para a fiscalização, a Artesp já aprovou a instalação de um radar fixo na altura do km 41,45 da pista norte da SP 160. O equipamento está em processo de aquisição, assim como um painel fixo de mensagem que será instalado no km 49,33. Desde o dia 16 de setembro, os usuários já contam com mais três painéis móveis que informam sobre as condições de neblina no trecho de planalto e outras instruções de segurança.

Até o dia 15 de fevereiro todas as medidas estarão implantadas. O prazo faz referência ao tempo que será destinado à concessionária comprar os equipamentos novos definidos pelas medidas a serem adotadas.

COMMENTS