Caminhões » Combustíveis & Energia » Rodoviário

Petrobras terá diesel S-50 e Arla 32 em 900 postos a partir de janeiro

Estatal realizou estudo para limitar a distância entre os postos a no máximo 400 km em todo o território brasileiro. Preço será R$ 0,06 por litro mais caro que o encontrado atualmente

06/12/2011

8h39

Maurício Ferla, repórter do Portal Transporta Brasil

Entre em contato

A Petrobras colocará cerca de 900 postos em todo o Brasil com o diesel S-50 a partir de janeiro de 2012 para atender a nova norma Proconve 7-Euro 5. A meta da empresa é de o motorista ter a possibilidade de encontrar o novo combustível a, no máximo, cada 400 quilômetros de distância entre os pontos de abastecimento. Nesses mesmos locais a companhia planeja disponibilizar o Arla 32 que está sendo produzido na fábrica de fertilizantes da empresa no Polo de Camaçari, na Bahia.

De acordo com o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, a companhia espera uma demanda inicial de 5 milhões de metros cúbicos do combustível menos poluente com 50 partes de enxofre por milhão. Esse consumo potencial deverá ser o resultado de cerca de 160 mil a 170 mil novos veículos a diesel que as montadoras deverão vender no ano que vem já com a tecnologia que obriga o uso do S-50.

Segundo a empresa, para garantir a qualidade de combustíveis, estão previstos investimentos gerais de US$ 70,6 bilhões em refinarias e distribuição entre 2011-2015, desses recursos, a estatal prevê aportes de mais de US$ 12 bilhões em novas unidades de desenvolvimento e produção nas refinarias existentes da empresa no Brasil.

De acordo com o presidente da BR Distribuidora, José Lima Neto, a empresa poderá até mesmo aumentar o número de postos com o combustível mais limpo em decorrência da expectativa da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que informou em circular que a expectativa inicial era de o País contar com pelo menos 3 mil postos de abastecimento com o S-50.

S-10

De acordo com Paulo Roberto Costa, a comercialização de S-50 é apenas o primeiro passo para a companhia colocar em janeiro de 2013 o diesel com S-10 em todas as regiões metropolitanas do Brasil. Segundo o executivo, o acordo para colocar no mercado um combustível de melhor qualidade determinou esse processo intermediário que começará dentro de 25 dias para em 12 meses já estar qualificada para a produção do S-10, levando à extinção do S-50.
Com isso, em 2013, explicou Costa, o Brasil terá apenas dois tipos de Diesel, o S-10 para as grandes cidades e o S-500 que terá venda concentrada no interior do País. Em 2020, a meta da companhia é ter 60% do diesel consumido no Brasil com patamar de 10 ppm.

Preços

Em uma estimativa inicial, Petrobras afirma que o S-50, que já é distribuído em algumas cidades do País para uso direcionado como em ônibus na cidade de São Paulo, custará cerca de R$ 0,06 por litro mais caro que o produto atualmente comercializado. A Arla 32 deverá ter um preço que deverá variar entre R$ 2 e R$ 3 por litro, sendo que a recomendação de uso é de 5 litros de Arla 32 para cada 100 litros de diesel.

Por enquanto a Petrobras deverá importar 38% de todo o diesel consumido, mas com a entrada em operação das unidades de processamento de diesel com menos enxofre, em andamento por todas as unidades da empresa, a tendência é de que até 2014 a importação seja eliminada e todo o combustível produzido em território nacional.

  • CONTEÚDO DE REFERÊNCIA
  • Publicidade

  • Articulistas

    Fraude no Controle de Emissões de Veículos Diesel cresce no País

    Artigo exclusivo do diretor da AFEEVAS, Associação dos Fabricantes de Equipamentos de Controle de Emissões de Poluentes da América do Sul, para o Portal Transporta Brasil, alerta para o problema da pirataria para driblar o uso do Arla 32

    Férias sim, acidentes não! Vá e volte!

    O Dr. Dirceu Rodrigues Alves Jr., articulista do Portal Transporta Brasil, médico especialista em Medicina de Tráfego e diretor da ABRAMET, aborda pontos importantes para este período de férias, quando as estradas estão cheias e a atenção deve ser redobrada para se evitarem acidentes

  • Publicidade

  • Publicidade

  • Bolsa de Valores – ADVFN

  • Redes Sociais

    Facebook