VW Gol atinge marca de 1 milhão de unidades exportadas

Projetado e desenvolvido no Brasil, o veículo circula em 66 nações e já tem mais de 30 anos de existência

Caminhões já são barrados na fronteira
Mercedes-Benz apresenta nova Sprinter e aposta no mercado de vans
JSL compra o Rodoviário Schio por R$ 405 milhões

O Volkswagen Gol acaba de atingir a marca de 1 milhão de unidades exportadas. O veículo, que em 2011 completou 31 anos de existência, foi projetado e desenvolvido no Brasil e está em sua 5ª geração. Atualmente, ele é comercializado em 66 países.

“A Volkswagen do Brasil é a maior exportadora do setor automotivo brasileiro em volume de vendas e o Gol é de fundamental importância para a liderança da marca no mercado externo”, afirma Claudio Jafet Patti, gerente de Vendas Exportação da Volkswagen do Brasil. Os principais mercados externos do veículo são o México e a Argentina, que no histórico de exportações respondem por 44% e 41% dos embarques, respectivamente.

A versão para exportação é praticamente a mesma comercializada no Brasil. As diferenças ficam por conta das exigências das legislações locais, como as emissões de gases e das composições dos combustíveis.

Curiosidades

No ano de sua criação, em 1980, foram exportadas apenas 49 unidades. Dessas, 48 foram para o Paraguai e uma para a Nigéria. Em 2004, ano que teve o número de exportação mais expressivo, a Volkswagen vendeu 107.555 carros para o exterior. Somente o México adquiriu 59.099 do total.

Nesse mesmo ano e no seguinte, 2004 e 2005, a montadora enviou seu veículo também para a Rússia. O Gol então se tornou o primeiro carro brasileiro a circular no país. Quando chegou lá, assim como quando foi exportado para o Egito, Azerbaijão, Turcomenistão e Ucrânia, o modelo foi batizado como Pointer.

COMMENTS