Restrições aos caminhões chegam ao ABC paulista

Restrições aos caminhões chegam ao ABC paulista

Medida é uma tentativa de reduzir os congestionamentos nos três grandes eixos de interligação da região

Rodoanel leste em SP tem 70% do trecho em obras
Scania fecha venda de chassis de ônibus para empresa de transporte coletivo do ABC paulista
Aliança Navegação e Logística compra VW

Foi aprovada nessa segunda-feira (7/11), pelos prefeitos das sete cidades que compõem o Grande ABC (SP), a proibição de caminhões em 23 vias da região. A medida é uma tentativa de reduzir os congestionamentos nos três grandes eixos de interligação da região. A proibição passará a valer no dia 21 de dezembro. Os motoristas infratores só começarão a ser autuados a partir de fevereiro

A restrição vale das 6h30 às 9h e das 16h às 20h. Os VUCs (Veículos Urbanos de Carga, com até 3,6 metros entre parachoques) terão trânsito livre. A multa para o infrator será de R$ 85,51 e renderá cinco pontos na CNH .

A proibição valerá nos três eixos prioritários definidos pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.  O primeiro representa a ligação entre Ribeirão Pires e São Caetano e engloba as avenidas Humberto de Campos, Capitão João, Perimetral, Dom Pedro II e Goiás, entre outras.
O segundo eixo, que liga Santo André a Diadema, contempla as avenidas Fábio Eduardo Ramos Esquível, Piraporinha, Lucas Nogueira Garcez e Pereira Barreto. O último corredor liga São Bernardo a São Caetano e é composto pelas avenidas Lauro Gomes, Dr. Rudge Ramos, Taboão e Guido Aliberti, além da Estrada das Lágrimas.

COMMENTS