Infraero irá adotar o conceito de aeroporto-indústria em Confins (MG)

Infraero irá adotar o conceito de aeroporto-indústria em Confins (MG)

Empresas instaladas na área receberão benefícios fiscais. Edital de licitação para concessão da área do condomínio logístico foi publicado em outubro

Boeing abre centro de serviços na China e projeta necessidade de mais de 5 mil aviões até 2030
Infraero e Centurion Cargo podem ter que arcar com prejuízos em Viracopos (SP)
Anac realiza leilão de quatro aeroportos

Em uma área de aproximadamente 205 mil metros quadrados no Aeroporto Internacional de Confins (MG), a Infraero implantará o conceito de aeroporto-indústria. As empresas que se instalarão no complexo terão benefícios fiscais, como suspensão tributária na produção e exportação de bens.

Essa iniciativa da estatal e da Receita Federal pretende transformar os terminais aeroportuários em opções capazes de estimular as exportações brasileiras por meio da importação de produtos a serem manufaturados em plantas industriais instaladas dentro dos aeroportos.

A abertura da licitação, na categoria de concorrência, está prevista para 24 de novembro. O edital da licitação para concessão de área para administração e exploração comercial do condomínio industrial e centro empresarial logístico foi publicado em 3 de outubro.

No complexo aeroporto-indústria funcionará uma zona de neutralidade fiscal com montagem, armazenamento, processamento logístico e manufaturação, e também uma área que será utilizada como entreposto aduaneiro na exportação.

COMMENTS