ABSA Cargo Airline investe quase R$ 1 mi em terminal de cargas em Manaus (AM)

ABSA Cargo Airline investe quase R$ 1 mi em terminal de cargas em Manaus (AM)

Estrutura, que será inaugurada em 1º de dezembro, espera operar cerca de 40 mil toneladas de carga já em seu primeiro ano de funcionamento

Passageiro poderá ser indenizado por atraso ou cancelamento de voo
Aeroportos regionais de SP ampliam movimento em 60% em 2012
Delta Airlines firma acordo para a compra de 20 aeronaves Bombardier

A ABSA Cargo Airline, que atua no segmento de transporte de carga aéreas, investe US$ 500 mil (aproximadamente R$ 934,5 mil) na criação do Terminal de Cargas Domésticas de Manaus (AM), que dará um forte suporte às operações da companhia na região. A estrutura promete ser a mais moderna da capital.

O novo terminal está localizado a menos de 10 minutos do Aeroporto Internacional de Manaus. Com mais de 3.700 metros quadrados de área útil e 32.000 metros cúbicos, ele será inaugurado em 1º de dezembro e disponibilizará de imediato uma infraestrutura totalmente planejada para melhor atender ao fluxo de carga local.

Serão oito docas: cinco destinadas à entrega e recepção de carga a granel; duas dedicadas à entrega e recepção de carga paletizada e uma com rampa para carga perecível. Toda a estrutura contará com plataformas hidráulicas e equipamentos para empilhadeiras e leitura óptica. O controle de armazenagem também será totalmente eletrônico, por meio de etiquetas com código de barras.

De acordo com a empresa, o mercado nacional de carga aérea no trecho Manaus – Guarulhos (SP) – Manaus tem superado as expectativas de seus executivos. Inicialmente, a companhia operava cinco voos semanais. Hoje, são 14.
 
“Manaus é hoje um grande pólo de produção dos mais variados segmentos, que abastece todo o país. Com a ampliação da malha aérea e nossa presença cada vez mais fortalecida na rota MAO- GRU- MAO decidimos investir na criação de um Terminal de Cargas que pudesse suportar nosso fluxo local e, assim, oferecer um serviço diferenciado aos nossos clientes”, diz Pablo Navarrete, diretor executivo da empresa.
 
A expectativa da operadora é operar cerca de 40 mil toneladas de carga já no primeiro ano do Terminal.

COMMENTS