DHL registra aumento de novos clientes durante greve dos Correios

Em média, foram 50 novas contas abertas por dia de paralisação

Detran do Paraná vai renovar CNH a distância
Correios inauguram moderno Centro de Transporte Operacional no Centro-Oeste
Correios realizam mutirão e entregam 22 milhões de cartas e encomendas

A DHL Express, durante a greve dos Correios, montou uma estratégia para priorizar o atendimento de seus clientes. De acordo com a empresa, a medida foi tomada para eliminar qualquer impacto que a paralisação pudesse gerar aos negócios e operações de seus parceiros.

Entre os dias 13 de setembro e 11 de outubro, período que oficialmente ocorreu a suspensão das atividades da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a DHL registrou aumento de 50% no número de contatos telefônicos recebidos por dia por sua central de atendimento. Essas ligações foram efetuadas por clientes e também por novas entidades, em busca de seus produtos e serviços.

Em média, foram 50 novas contas abertas por dia ao longo de quase um mês de greve da ECT.

COMMENTS