Emirates recebe autorização para operar superjumbo em Guarulhos (SP)

Empresa ainda precisa receber mais aeronaves e também da liberação de mais dois aeroportos brasileiros

Latam pode ser primeira latina a operar o A-380
Lufthansa coloca terceiro Airbus A-380 em operação
Direto da Redação – TV Transporta Brasil – edição nº 6

A companhia aérea Emirates recebeu autorização da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) para operar o superjato A380, da Airbus, no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo. O maior avião de passageiros do mundo tem capacidade para transportar até 853 pessoas.

Segundo informações, a companhia aérea tem intenção de utilizar a mega-aeronave na rota São Paulo-Dubai, nos Emirados Árabes. Por enquanto, o voo é feito com um Boeing 777-300, com capacidade para 354 passageiros. A taxa de ocupação atual é de 80%. Em 3 de janeiro de 2012, a aérea estreia o trajeto Rio de Janeiro-Dubai.

Para que as operações sejam realmente iniciadas, a Emirates precisa da aprovação de outros dois terminais aeroportuários para pouso alternativo, caso o voo precise ser desviado em caso de fechamento de Guarulhos, por questões meteorológicas, por exemplo. As alternativas mais prováveis seriam o Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), e Viracopos, em Campinas (SP). 

A liberação dos aeroportos, porém, não significa que o superjumbo será implantado no País. Para que isso ocorra, a Emirates ainda precisa analisar a viabilidade econômica das operações. Há tembém que esperar a entrega de novas aeronaves. Atualmente, tem 15 em operação. Até 2019, tem previsão de receber outras 75.

A configuração tradicional da empresa para o modelo é de 14 assentos na primeira classe, 76 na executiva e 399 na econômica. No total, são 489 assentos disponíveis.

COMMENTS