Receita bruta da Randon chega a R$ 3,1 bilhões no 1º semestre deste ano

Número é 20,9% superior ao registrado no primeiro semestre de 2010; receita bruta total do segundo trimestre foi de R$ 1,7 bilhão

DVA Express tem estimativa de crescimento de 40% no interior paulista
Setor de combustível e energia desperta interesse da DHL no Brasil
Cartão frete alavanca crescimento da Buonny no primeiro semestre

A Randon, fabricante de implementos rodoviários e ferroviários, encerrou o primeiro semestre de 2011 com R$ 3,1 bilhões de receita bruta, quantia 20,9% superior a de igual período de 2010. Entre abril e junho, a receita bruta total, incluindo as vendas entre empresas, somou R$ 1,7 bilhão, 18,0% acima do mesmo período do ano anterior.

Também de acordo com o primeiro semestre deste ano, a receita líquida consolidada foi de R$ 2,05 bilhões, acréscimo de 20,6% sobre o resultado dos primeiros seis meses de 2010. No segundo trimestre, as Empresas Randon alcançaram receita líquida consolidada de R$ 1,1 bilhão, 19,5% maior que a registrada no mesmo período de 2010. O EBITDA consolidado do primeiro semestre ficou em R$ 315,7 milhões, 23,2% maior ao do primeiro semestre de do ano passado.

Além disso, as exportações também estiveram em alta e atingiram US$ 130,2 milhões, uma elevação de 15,7% sobre os primeiros seis meses de 2010.

Já o lucro líquido consolidado foi de R$ 156,0 milhões no primeiro semestre, um avanço de 51,3% em relação ao resultado do primeiro semestre do ano passado.

A empresa faturou ao longo do semestre 12.161 unidades de veículos rebocados, sendo que 9.631 unidades foram para o mercado doméstico, o que gerou uma participação de mercado de 32,96%. Os emplacamentos totais de veículos rebocados pesados foram de 29.220 unidades, 9,3% superior a período similar de 2010.

COMMENTS