Câmara aprova Projeto que proíbe transporte de bebida na cabine do veículo

De acordo com a proposta, condutor pode ser punido com sete pontos na carteira e multa de R$ 191,44

Ambev investe em segurança logística e reduz índice de acidentes quase pela metade
Coopercarga assume operação da Ambev no ABC Paulista
Ambev planeja comprar 1600 caminhões elétricos VW

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou nesta quinta-feira (25/8) o Projeto de Lei 7050/02, do Senado, que define como infração gravíssima o transporte de bebidas alcoólicas na cabine de passageiros do veículo. Proposta tramita em caráter conclusivo.

De acordo com o texto, condutor pode ser punido com sete pontos na carteira e multa de R$ 191,44.

Por ter passado por alterações na Câmara, o Projeto voltará para o Senado. A Comissão aprovou a retirada de uma terceira punição que era a retenção do veículo até o saneamento da irregularidade.

Segundo o deputado Hugo Leal (PSC-RJ), que sugeriu a mudança, esta terceira medida é injurídica e ilógica.

“Se a infração constitui-se tão somente no transporte de bebidas alcoólicas na cabina de passageiros, basta tirá-las dali e não restará mais nada de errado com o veículo que justifique a retenção”, ressalta.

COMMENTS