Truckvan cria unidade móvel para o combate à hanseníase

Carreta vai circular o Rio de Janeiro neste mês para identificar e tratar a doença na população, por meio do projeto Rio Sem Hanseníanse

Librelato realiza primeira convenção internacional de vendas
Escola Móvel de Panificação circula nas ruas da Grande São Paulo
Porto de Manaus (AM) amarga R$ 30 milhões em prejuízos com deslizamento de terra

A Truckvan, fabricante de implementos rodoviários de cargas e projetos especiais de baús e carretas customizadas, entregou para o projeto Rio Sem Hanseníase uma unidade móvel equipada para diagnosticar e tratar a doença, em um tour por todo o Estado do Rio de Janeiro que será realizado este mês, em parceria com o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), Riosolidário e EBX.

“Este é o segundo fornecimento para identificar e tratar a hanseníase. O outro percorre o país inteiro com atuação principal nas regiões norte e nordeste. Para nós é um imenso prazer poder participar de tais iniciativas, que significam uma solução eficaz de atendimento e levam informação e acesso à saúde de primeira linha”, diz Alcides Braga, diretor da Truckvan.

A unidade poderá atender 120 pessoas por dia em média, em seus três consultórios. A hanseníase é uma doença infectocontagiosa que tem como principais sintomas manchas dormentes esbranquiçadas ou avermelhadas, insensíveis ao tato, à dor e ao calor. No Brasil, em 2008, cerca de 40 mil casos foram diagnosticados segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinam), do Ministério da Saúde. O país detém o triste recorde de pessoas com a doença, à frente inclusive de nações mais pobres como Timor Leste, Libéria (África Ocidental) e Comores (entre a África e Madagascar).

COMMENTS