Man investe na profissionalização de pessoas com deficiência

Empresa selecionou 22 jovens com pouca experiência para trabalhar nas operações e estudar por conta do programa Novos Horizontes

DHL cria projeto de capacitação de jovens
MAN Latin America capacita militares para operarem Constellation 6×6
SEST SENAT abre nova unidade de atendimento em Guarulhos (SP)

A Man Latin America lançou uma iniciativa para ajudar na inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Por meio do programa Novos Horizontes, a montadora irá contratar 22 jovens com pouca experiência para trabalhar nas operações e estudar por conta do projeto.

Segundo a montadora, o objetivo do programa Novos Horizontes é atuar no desenvolvimento profissional das pessoas e oferecer oportunidades de emprego para os deficientes. “Acreditamos no potencial profissional desses jovens e esperamos com essa iniciativa colaborar para sua integração social”, ressalta Roberto Cortes, presidente da Man Latin America.

“Contratar e incluir deficientes significa em primeiro lugar cumprir a lei, e, mais do que isso, significa acreditar no potencial das pessoas. Qualificar mão de obra é o caminho para o Brasil continuar crescendo e gerando empregos. A iniciativa de juntar estas duas causas, por meio do programa Novos Horizontes, mostra que a Man Latin America está atenta e sensível às necessidades dos trabalhadores”, disse o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, no lançamento do programa, realizado na fábrica da Man em Resende.

A montadora informa que diversos executivos assumirão o papel de tutores dos novos colaboradores, que receberão treinamento para ambientação à empresa e ao ambiente corporativo.

Novas vagas

A MAN Latin America disponibiliza em seu site (www.man-la.com/trabalhe-conosco) uma área para que os interessados em trabalhar na companhia se cadastrem. Pessoas com deficiência podem participar do processo seletivo. Atualmente há vagas para engenheiros, compradores, analistas financeiro e de logística, consultores de marketing e de planejamento, além de inspetores de qualidade.

COMMENTS