Iveco fornece dois caminhões a curso de capacitação de motoristas em Lins (SP)

Curso pertencente ao CETT (Centro de Ensino no Transporte e Tecnologia) é voltado a motoristas portadores de carteira C, D ou E que buscam qualificação mais avançada

Banco Mercedes-Benz oferece plano especial para financiamento do Actros
Rodovia em Mato Grosso tem diesel mais caro do Brasil
Desoneração da folha de pagamento das empresas de transporte ficou para 2014

A montadora Iveco firmou parceria com o CETT (Centro de Ensino no Transporte e Tecnologia) do município de Lins (SP) visando auxiliar na formação prática de motoristas do País. Primeiramente, foram cedidos dois caminhões, sendo um Stralis 570S41T NR 6×2 e um Stralis 740S46T NR 6×4. Ambos os veículos serão utilizados nas aulas práticas, que são orientadas e supervisionadas pela instituição.

“O objetivo é fazer com que esses profissionais alcancem cada vez melhor desempenho no transporte, além de conscientizá-los  em relação à dirigibilidade segura e responsável”, Marcelo Bouhid, gerente de marketing da Iveco.

Sobre o curso

A capacitação é voltada a motoristas portadores de carteira C, D ou E e transportadores e inclui aulas teóricas e práticas em um total de 70 horas, distribuídas em seis módulos.

Nesses módulos encontram-se temas como desenvolvimento interpessoal, saúde do motorista, custos, legislação, laboratórios, além de prática orientada e supervisionada. 

No módulo voltado à saúde, os participantes recebem informações sobre formas de melhoria na qualidade de vida e saúde, alimentação mais saudável, postura correta ao volante, ergonomia, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, primeiros socorros, entre outros.

No módulo dedicado ao desenvolvimento interpessoal, o aluno aprende sobre marketing pessoal, comunicação, gestão da qualidade, ética e cidadania.  No módulo de custos, recebem informações sobre como efetuar sua auto-gestão financeira, calcular custos no transporte e efetuar  manutenção preventiva dos pneus.

No módulo de legislação há informações sobre leis relativas ao transporte de cargas, além de responsabilidade civil e penal. Já nas aulas de laboratório será possível ao aluno receber instruções de mecânica e informática básica, rastreamento por celular, satélite e gerenciamento de risco.

Na etapa de prática é aplicada ao aluno uma avaliação veicular e condução eficaz. 

Se o motorista, autônomo ou frotista, optar por uma qualificação mais avançada, há a possibilidade de incluir outros módulos no treinamento (Júnior, Pleno, Sênior, Premium) onde ao completar cada um deles o aluno recebe um selo (Bronze, Prata, Ouro e Diamante) que o distingue em relação a outros profissionais. 

Para realizar a matrícula é necessário ir à cidade de Lins para apresentar RG, CPF e carteira de motorista habilitação C, D ou E.

Antes do inicio das aulas o aluno deve prestar uma avaliação psicológica e outra veicular.

COMMENTS