Mercedes-Benz do Brasil apresenta tecnologia que atende norma Euro 5

Mercedes-Benz do Brasil apresenta tecnologia que atende norma Euro 5

Com o nome de BlueTec 5, a tecnologia vem sendo desenvolvida há três anos e conta com 50 mil horas de testes de funcionalidade e durabilidade com motores PROCONVE P-7

Transportadora espanhola adquire 400 Mercedes-Benz Actros
Caminhão Volkswagen leva Unidade Móvel de Mamografia para atendimentos em SP
Produção de veículos cai mais de 11% em 2016

A Mercedes-Benz do Brasil desenvolveu sua tecnologia para atendimento à legislação PROCONVE P-7, norma equivalente ao padrão de redução de poluentes Euro 5, que entrará em vigor no País a partir de 1º de janeiro de 2012.

Batizada de BlueTec 5, a solução visa à redução catalítica seletiva para conversão de Óxidos de Nitrogênio (NOx), com modificações de seus motores para controle interno das emissões de Material Particulado. Dentre alguns requisitos, a nova norma exige a redução de 80% nas emissões de Material Particulado e de 60% nas emissões de NOx, em relação à legislação atual.

O BlueTec 5 vem sendo desenvolvido há três anos, envolvendo cerca de 400 engenheiros e técnicos do Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Empresa em São Bernardo do Campo (SP).

“Já alcançamos excelentes resultados na preparação da tecnologia BlueTec 5 de acordo com as condições específicas de transporte do Brasil e da América Latina”, afirma Gilberto Leal, gerente de Desenvolvimento de Motores da Mercedes-Benz do Brasil.

A Mercedes realizou cerca de 50 mil horas de testes de funcionalidade e durabilidade com motores PROCONVE P-7, em bancos de prova e nos veículos em operação. Foram cerca de 8 mil quilômetros com caminhões e ônibus, em situações extremas de operação nas zonas urbanas, rodoviárias e fora-de-estrada, tanto ao nível do mar, quanto a 2.400 e 4.800 metros de altitude.

Os primeiros veículos pré-série para atendimento à legislação PROCONVE P-7 são um caminhão pesado Axor 2831 e um chassi OF 1722 para ônibus urbano, ambos já com tecnologia BlueTec 5.

Para diminuir o volume de emissões de Óxidos de Nitrogênio e obter menor consumo de combustível, a tecnologia inclui a adição do Agente Redutor Líquido de NOx Automotivo, o ARLA 32,  no escapamento do veículo para pós-tratamento dos gases de escape por redução catalítica seletiva. Este procedimento resulta em uma queima mais eficiente e na emissão bastante reduzida de Material Particulado e fumaça.

Armazenado em um reservatório específico no veículo, o ARLA 32 converte o NOx em Nitrogênio puro e em vapor de água, que são inofensivos à natureza, melhorando a qualidade do ar. É a famosa solução de ureia.

“Com base em nossa experiência, conhecimento e também nos diversos testes realizados, o BlueTec 5 mostrou ser a melhor solução técnica para caminhões e ônibus, visando o atendimento ao PROCONVE P-7”, ressalta Leal.

COMMENTS