Acontece » Logística

Portos de Paranaguá e Antonina registram crescimento de 22% na movimentação de cargas em 2010

Percentual representa 38,16 milhões de toneladas de mercadorias movimentadas no período

02/2/2011

9h01

Redação

Entre em contato

Os portos do Estado do Paraná – Paranaguá e Antonina – fecharam o ano de 2010 com acréscimo de 22% na movimentação. Ao todo, foram registrados 38,16 milhões de toneladas de mercadorias. Já a receita cambial foi de US$ 14,48 bilhões. O bom desempenho alcançado foi impulsionado em boa parte pelo desempenho de mercadorias como o açúcar, que teve R$ 4,46 milhões de toneladas exportadas.

A movimentação da carga geral obteve um avanço de 19% na movimentação, sendo representado por 9,51 milhões de toneladas de mercadorias. Em relação a veículos, os portos registraram 181.459 unidades movimentadas, número 30% maior que o fechamento de 2009.

Já a movimentação de contêineres obteve crescimento de 7%, o que representa 672.262 TEUs. E o granel sólido chegou a 24,2 milhões de toneladas, volume 26% maior que de 2009.

“Os números registrados em 2010 nos deixam otimistas para crescer ainda mais em 2011. Com a realização das obras de dragagem e os investimentos anunciados recentemente pelo governador Beto Richa, para recuperar cargas perdidas nos últimos anos, acredito que os Portos de Paranaguá e Antonina fecharão 2011 com números ainda mais expressivos”, comenta o superintendente dos portos, Airton Vidal Maron.

Com informações da Agência de Notícias do Estado do Paraná

  • CONTEÚDO DE REFERÊNCIA
  • Publicidade

  • Articulistas

    Brasil necessita de soluções e pensamento estratégico para alavancar setor de transporte logístico

    Edésio de Campos Horbylon Neto é diretor superintendente da 3T Systems, do Grupo José Alves. Graduado em Direito pela Faculdade Anhanguera de Ciências Humanas, possui especialização MBA em Estratégias de Gestão em Marketing pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. O executivo acumula passagem na Autotrac, Texaco do Brasil e Xerox do Brasil.

    Fraude no Controle de Emissões de Veículos Diesel cresce no País

    Artigo exclusivo do diretor da AFEEVAS, Associação dos Fabricantes de Equipamentos de Controle de Emissões de Poluentes da América do Sul, para o Portal Transporta Brasil, alerta para o problema da pirataria para driblar o uso do Arla 32

  • Publicidade

  • Publicidade

  • Bolsa de Valores – ADVFN

  • Redes Sociais

    Facebook