Braspress investe R$ 33 milhões em Tecnologia da Informação

Projeto de modernização da infraestrutura de TI da empresa inclui revisão dos processos, instalação de softwares mais modernos e reestruturação do parque de hardware

Braspress adota controle móvel de emissão de poluentes em sua frota
Braspress totaliza 100 filiais em todo o Brasil
Braspress quer comprar operações da TNT no Brasil

A transportadora Braspress está realizando investimentos da ordem de R$ 33 milhões em Tecnologia da Informação (TI), em um projeto de modernização de sua infraestrutura nesta área.

O programa inclui revisão dos processos; instalação do E-Business Suite – um sistema de gestão empresarial da Oracle -, e do Datapress II – um software mais moderno na gestão de transportes, baseado em arquitetura SOA, BPM, Java e outras ferramentas de desenvolvimento -; além de uma reestruturação no parque de hardware em seu Datacenter.

A primeira etapa do processo de modernização já foi concluída em 2010 com a revisão dos processos. Para este ano, a empresa pretende concluir o projeto Oracle E-Business Suite (OEBS), com soluções que permeiam todos os processos da transportadora. Os benefícios do software Datapress II também poderão ser sentidos ainda em 2011, pois ele será integrado ao OEBS e aos módulos atuais do Datapress I.

O diretor de TI da Braspress, Anírio Neto, afirma que a modernização é essencial para que a empresa continue crescendo. “Em 2009, a Braspress percebeu que a tecnologia já não estava acompanhando seu crescimento. Foi quando começou a se pensar num planejamento estratégico para poder implementar tecnologias mais modernas e dar continuidade ao avanço da empresa. Hoje, já é possível perceber alguns resultados. A empresa já consegue fazer coisas que antes não eram possíveis”.

De acordo com Urubatan Helou, diretor-presidente da Braspress, a modernização é fundamental para a conquista de novas posições de destaque no setor, e ter um fornecedor de classe mundial como a Oracle é crucial para dar suporte a esta evolução.

“Com as soluções a serem implementadas e a reestruturação necessária teremos condições de suportar o crescimento projetado da Organização para os próximos anos”, diz o presidente.

COMMENTS