Contran exige novos adesivos de identificação em caminhões

Novas normas do Contran abrandam diversas exigências e criam novos sistemas de identificação

MAN Latin America entra para o mercado de carros-fortes em Angola
Refinanciamento de dívidas de caminhoneiros será discutido em Brasília hoje
TNT Express firma contrato de dois anos com empresa de moda holandesa

Já estão em vigor as novas resoluções do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) voltadas para o transporte rodoviário de cargas. As regras criam um novo sistema de identificação a partir de um adesivo que evidencia o número de placa e a origem do veículo.

A resolução n° 370 atinge todos os veículos de transporte de cargas, reboques e semi-reboques com peso bruto total maior que 4.536 kg. O Dispositivo Auxiliar de Identificação Veicular deverá ser colado na traseira e nas partes tracionadas do veículo.

O prazo para aplicação da identificação varia de acordo com o final da placa e se estendem de 3 de setembro a 31 de dezembro de 2011, mas recomenda-se a instalação o quanto antes para facilitar a visualização dos dados. Confira a tabela abaixo com os vencimentos:

Os modelos ilustrativos do dispositivo e detalhes de aplicação estão disponíveis no site do Denatran.

Modificações

O Contran modificou a resolução 366/2010 para caminhões com mais de 4.536 kg, que exigia a cobertura com faixas reflexivas em 50% da extensão das bordas laterais dos veículos fabricados a partir de 30 de abril de 2011. A norma baixou a exigência para 33% e dispensou a aplicação de faixas em contêineres.

O Conselho também mudou a exigência de uso de tração 6×4 para caminhões tratores registrados em 2011. A partir de agora, o item será cobrado apenas dos veículos fabricados neste ano. Os anteriores podem usar a tração 6×2.

Com informações do Portal CNT.

COMMENTS