Pesquisa analisa práticas mais representativas no setor logístico do País

IEG (Instituto de Engenharia de Gestão) ouviu cerca de 100 executivos de mais de 70 empresas brasileiras. Atividade de transporte lidera com 96% de representatividade

Concessionária Auto Sueco projeta crescimento nas vendas de caminhões seminovos
Consórcio Volkswagen cresce 56,5% nos últimos 12 meses
Diesel e gasolina sofrem reajuste de 5,4% e 6,6%

Uma pesquisa realizada pelo IEG (Instituto de Engenharia de Gestão) observou as práticas mais representativas nas grandes organizações do setor logístico do País, sendo que, com 96%, o transporte lidera a lista de atividades, seguido de armazenagem (92%), estoque (82%) e serviço ao cliente (54%). O órgão ouviu cerca de 100 executivos de mais de 70 empresas brasileiras.

O estudo também constatou que, em média, os custos logísticos representam 8% do faturamento bruto das empresas, sendo apresentado pela seguinte distribuição: transporte (50%), estoques (22%), armazenagem (14%), administrativo (10%) e outros (3%).

“A maneira correta de atuar de forma competitiva é buscar melhorias contínuas junto a todos os elementos desta cadeia, de forma a reduzir custos, melhorar a qualidade dos produtos e o nível de serviço para os clientes finais”, esclarece Vanessa Saavedra, engenheira e sócia do IEG.

COMMENTS