Banco Mercedes-Benz cresce 29% e bate recorde em abril

Em um único mês, volume de capital liberado para financiamentos chega a R$ 320,7 milhões. Fomento do banco possibilitou a compra de mais de 2 mil caminhões da marca Mercedes

Guerra conquista homologação para novo sistema de freios ABS
Rodobens Caminhões e Ônibus atende clientes com oficina volante no Pará
Volvo faz lançamento de peso no segmento off-road com o novo VM de 32t e mira novos mercados

O Banco Mercedes-Benz bateu recorde de financiamentos no mês de abril. Foram negociados R$ 320,7 milhões, o maior volume de capital já liberado em um único mês. O resultado superou abril de 2009 em 29%, quando foram liberados R$ 249 milhões. No total, 2.772 veículos foram financiados pelo Banco Mercedes-Benz, sendo 2.029 zero-quilômetro da própria montadora.

Em 2009, o Banco Mercedes realizou 11.140 operações de crédito, e acredita superar o número em 2010: “O mercado de veículos comerciais está bastante aquecido este ano”, afirma Marcos Jatobá, gerente Nacional de Vendas do Banco Mercedes-Benz. “As taxas PSI oferecidas pelo BNDES hoje têm despertado o interesse de nossos clientes, tanto no transporte de cargas quanto no de passageiros, para ampliar ou renovar suas frotas. Comparando a taxa subsidiada pelo governo, no Finame PSI, com demais taxas, os clientes têm visto as vantagens e tem despertado o envio das propostas pelas empresas”, comenta.

Dos R$ 320,7 milhões aprovados no mês de abril, o Finame foi o produto mais participativo, com 88% das operações. O segundo lugar ficou com o CDC (Crédito Direto ao Consumidor), com 7%, seguido pelo Leasing, com 5%. No período, o CDC apresentou o maior crescimento: 99%; já o Leasing teve queda de 73%. “Neste momento de incentivos para a modalidade Finame, o Leasing se torna um produto menos atrativo”, explica Jatobá.

Por: Victor José – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS