Standard Logística tem novos gerentes em Cambé (PR) e nos terminais intermodais

Nova equipe de gestores vem para confirmar a fase de crescimento da empresa nos segmentos de armazenagem e movimentação de cargas e para o comando se sua ampliada unidade paranaense

Brasilmaxi registra crescimento de 9% em 2009
Retrak renova frota com 146 equipamentos para locação
Terminal intermodal em Esteio (RS) oferece vantagens logísticas

A Standard Logística investe em capital humano para o comando de seu novo em ampliado armazém localizado na cidade paranaense de Cambé, no Norte do Estado. Com os investimentos e obras de ampliação o Terminal Intermodal de Contêineres de Cambé passa a ter um total de 15 mil posições pallets, com a primeira fase de ampliação, prevista para terminar ainda neste semestre.

Para comandar os novos empreendimentos, a empresa contará com os novos gestores Fernando Perdigão e Sandro Mariano. “Meu principal objetivo em Cambé é promover uma cadeia completa de serviços, com excelente nível de serviço, o que já é realidade nas outras Unidades, prevalecendo o ótimo atendimento aos clientes, fornecedores e parceiros. A ampliação da Unidade vem para agregar qualidade aos serviços já prestados no Terminal, além de uma opção para redução de custos na exportação pelos portos de Paranaguá e São Francisco aos produtores do Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e São Paulo”, comenta Perdigão, gerente Geral do Terminal de Cambé.

Sandro Mariano assume a gerência dos sete Terminais Intermodais, segmento que mais cresce na Companhia, que no próximo semestre colocará em operação o oitavo Terminal Intermodal, que ligará as operações de Alto Taquari, no Mato Grosso, até a Unidade de Cubatão, junto ao Porto de Santos. “Nosso foco é sempre manter o alto nível dos serviços operados pela Standard, a satisfação dos clientes no atendimento e a motivação da equipe. Com o uso de ferramentas de gestão e eficiência nos processos, o objetivo é aumentar o número de movimentações nos Terminais Intermodais”, diz Sandro.

Por: Leonardo Helou Doca de Andrade – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS