Ferrosul vai operar ferrovias e sistema logístico no Codesul

O Paraná investiu US$ 363 milhões e agora está disposto a dividir a gestão com os demais estados

ANTT contesta Abrati e diz que não age à revelia dos “atores do sistema”
Shell avança em exploração no Brasil
Para as montadoras, o ano acabou em setembro

Um dos pontos de destaque da reunião dos governadores do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), que acontece hoje em Campo Grande é a criação de um grupo de trabalho com objetivo de estruturar proposta de implantação da Ferrosul, uma instituição com o propósito de planejar, construir e operar ferrovias e sistemas logísticos nos quatro estados-membros do conselho – Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

“É uma empresa pública, multifederativa, com gestão compartilhada entre os quatro estados a partir da atual plataforma Ferroeste”, explica o presidente da Ferroeste, Samuel Gomes. A Ferrovia Estrada de Ferro Paraná Oeste S/A pertence exclusivamente ao Estado do Paraná. “Na época, o Paraná investiu US$ 363 milhões e agora está disposto a dividir a gestão com os demais estados, que colocarão aportes de recursos no limite de suas possibilidades”, esclarece.

De acordo com Samuel, a idéia foi iniciada pelo governador André Puccinelli em reunião do Codesul, em 2007, em Gramado, e o objetivo principal é interligar os estados-membros do conselho. “Há projetos de expansão da Ferroeste para todos os estados do Sul, um exemplo é a ferrovia Maracaju (MS)/Porto de Paranaguá (PR). Então, o mais adequado é esse projetos sejam desenvolvidos em gestão compartilhada”, explica ele.

O presidente da Ferroeste ressalta que a intenção, além de parte de ferrovia, é que a Ferrosul também fique responsável pelo sistema logístico nos estados do Codesul. “Vamos começar a ter um planejamento logístico, de forma racional, para o desenvolvimento e integração da economia da região Sul. Queremos integrar não só a parte ferroviária, mas também o sistema logístico, como os armazéns, por exemplo”, comenta.

No início deste mês, as Assembleias Legislativas dos quatro estados do Codesul, que integram o Parlasul (Parlamento do Sul), decidiram apoiar a expansão dos ramais da Ferroeste e a criação da Ferrosul e firmaram a Carta de Intenções em Defesa da Ferrosul – Uma Ferrovia para Integrar o Sul do Brasil.

Veja matéria original

COMMENTS