Obras vão receber R$ 135 milhões

Pernambuco entrará com R$ 40 milhões como contrapartida nos empreendimentos

Porsche vira majoritária na VW
Fusão da Iberia e BA se definirá em março
Setor de carga abre espaço e trilhos para os trens turísticos

As obras de construção do acesso rodoferroviário à Ilha de Tatuoca e de dragagem do dique interno e dos canais de navegação do Porto de Suape, orçadas em R$ 175 milhões, vão receber R$ 135 milhões em recursos do PAC. A confirmação do investimento veio ontem, em Brasília, após audiência do governador Eduardo Campos com o ministro da Secretaria Especial dos Portos, Pedro Brito. Pernambuco entrará com R$ 40 milhões como contrapartida nos empreendimentos.

Os convênios de liberação dos valores devem ser assinados até o final deste mês e as obras iniciadas em outubro. Os R$ 135 milhões estavam separados para as obras de reforço dos cabeços de Suape. “As obras dos cabeços podem aguardar até o ano que vem. A rodoferrovia e a dragagem dos canais internos e do dique seco são fundamentais para que o Estaleiro Atlântico Sul coloque no mar o seu primeiro navio”, afirmou Campos.

O acesso rodoferroviário tem 12,97 km de extensão e um orçamento de R$ 89,12 milhões, dos quais R$ 19 milhões já estão garantidos, sendo necessários outros R$ 70 milhões. Os trabalhos devem ser finalizados em junho de 2010. Já as obras de dragagem estão orçadas em pouco mais de R$ 104 milhões.

Dentre outras reuniões, o governador esteve com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, para pedir R$ 19 milhões para a compra de equipamentos para o Hospital Metropolitano Sul, Dom Hélder Câmara. Na próxima sexta, serão acertados os últimos detalhes.

COMMENTS