Trecho da BR-101 está sem obras há dois meses

A empreiteira responsável pelo consórcio enfrenta problemas financeiros, e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) tenta encontrar uma solução até o próximo dia 20

CCJ aprova fechamento de posto que vender combustível adulterado
Combustíveis: cerco à sonegação em SC
Câmara vota sobre reestatização de Aerolíneas

Desde fevereiro, as obras de duplicação da BR-101 no Lote 25, entre Laguna e Capivari de Baixo, estão praticamente paradas. A empreiteira responsável pelo consórcio enfrenta problemas financeiros, e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) tenta encontrar uma solução até o próximo dia 20 para evitar uma possível mudança de empresa.

O Lote 25 vai desde a localidade de Barranceira, próximo ao trevo de Laguna, até próximo à ponte do Rio Capivari, em Capivari de Baixo, trecho onde já existe cerca de três quilômetros de rodovia duplicada.

Há dois meses, no entanto, a empreiteira Blokos, responsável pelo consórcio formado por outras duas empresas, quase não deu andamento aos trabalhos.

De acordo com o Dnit, a Blokos está com dívidas junto à União e essas pendências financeiras impedem que os pagamentos para a obra sejam repassados. Sem o dinheiro necessário, a empresa não conseguiu manter o ritmo de trabalho de operários e máquinas.

De acordo com o assessor de imprensa do órgão federal, Breno Maestri, o Dnit está mobilizado para contornar a situação e tentar evitar uma possível substituição de empreiteiras. Apesar desse contratempo, a expectativa é de que o prazo de conclusão para o final do ano seja mantido. (Marcelo Becker – DC)

Link para a matéria

COMMENTS