Estado e transportadoras discutem aperfeiçoamento do EDI Fiscal

O EDI Fiscal é um método de transmissão eletrônica de dados feita antes da saída da mercadoria de outras unidades da federação para Mato Grosso

Exportação de carne congelada cresce 12% nos portos do Paraná
VarigLog, reestruturada, amplia volume transportado e faturamento
Portos do Paraná investem na compra de draga própria

Representantes da Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz) e do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Estado (Sindmat) reuniram-se para tratar de procedimentos operacionais inerentes ao Sistema Eletrônico de Controle de Notas Fiscais (EDI Fiscal), com vistas ao aperfeiçoamento da sistemática.

O EDI Fiscal é um método de transmissão eletrônica de dados feita antes da saída da mercadoria de outras unidades da federação para Mato Grosso, por empresas transportadoras de carga fracionada.

As informações das notas transmitidas são armazenadas no banco de dados da Sefaz. A verificação dos documentos fiscais e a conferência das mercadorias são feitas em central de transportadoras ou terminal de carga das empresas no Estado. A adesão ao sistema é feita por meio de convênio com a Secretaria de Fazenda.

Link para a matéria

COMMENTS