LLX recebe licença prévia para construir porto

O Porto Sudeste - situado no município de Itaguaí, Rio de Janeiro - é terminal portuário que deverá movimentar 50 milhões de toneladas de minério por ano

Governo do RJ, prefeitura e BID firmam contrato para criação de Corredor Expresso
Empresa cria ferramenta para os operadores
Promef II recebe proposta de estaleiros para 15 navios

A LLX Logística informou hoje que a Comissão Estadual de Controle Ambiental aprovou a expedição de licença ambiental prévia à sua subsidiária LLX Sudeste Operações Portuárias, para a construção do Porto Sudeste.

O Porto Sudeste – situado no município de Itaguaí, Rio de Janeiro – é terminal portuário que deverá movimentar 50 milhões de toneladas de minério por ano, com profundidade de 20 metros e retro-área de 52 ha.

“Além de ser o principal pilar logístico do Sistema Integrado Sudeste, acreditamos que o Porto Sudeste, devido a sua localização privilegiada e com um calado que permitirá receber navios de grande porte, será também uma excelente alternativa para as empresas mineradoras do quadrilátero ferrífero que não possuam uma solução portuária integrada”, afirmou em comunicado Ricardo Antunes, diretor presidente da LLX.

Link para a matéria

COMMENTS