Ativos das concessões da OHL recuam 16,1%

No Brasil, os ativos das concessões em 30 de abril deste ano totalizaram € 497,6 milhões, enquanto que na mesma época do ano passado era de € 824,1 milhões

Grupo que analisa Estatuto do Motorista Profissional sugere uso de chip para controlar jornada de trabalho da categoria
Porto do Pecém bate novo recorde de movimentação de contêineres
Santos Brasil atinge recorde no Tecon de Santos

A queda em valores dos ativos das concessões no Brasil, Chile e México da Obrascon Huarte Lain Brasil (OHL) fizeram a empresa registrar declínio de 16,1% no ativo total das concessões em 30 abril de 2009, somando € 2,64 bilhões, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

No Brasil, os ativos das concessões em 30 de abril deste ano totalizaram € 497,6 milhões, enquanto que na mesma época do ano passado era de € 824,1 milhões. No Chile recuaram de € 604,4 milhões em 30 de abril de 2008, para € 455,2 milhões. E no México ficou em € 1,20 bilhão.

Há pouco, as ações ordinárias negociadas na BM&FBovespa registravam desvalorização de 1,20%, cotadas a R$ 13,14.

COMMENTS