Ford avança as negociações para a venda da Volvo

A Ford, que enfrenta a queda mais profunda das vendas do setor automotivo norte-americano em 27 anos, considera a venda da Volvo

Colisão entre dois caminhões bloqueia faixa na Fernão Dias
Empresas podem acessar programa de declaração de informações fiscais a partir de segunda
McLane espera crescer 80% até 2010

A Ford avançou um passo em direção à venda da marca sueca Volvo, abrindo discussões detalhadas com potenciais compradores, informou ontem a montadora em uma mensagem aos funcionários da Volvo.

A Ford, que enfrenta a queda mais profunda das vendas do setor automotivo norte-americano em 27 anos, considera a venda da Volvo. A montadora já vendeu o resto do seu grupo automotivo de luxo: a Aston Martin, a Jaguar e a Land Rover.

“Nós contatamos um número de grupos que expressaram interesse com relação ao futuro da Volvo. A Ford está satisfeita com o número e a qualidade desses interessados”, disse John Gardiner, diretor de comunicações estratégicas da Ford na Europa, citando uma mensagem enviada aos empregados da Volvo na manhã de ontem.

“Tivemos discussões preliminares para determinar o nível de interesse que eles têm nos negócios da Volvo e agora estamos conversando em mais detalhes com esses grupos sobre o futuro da Volvo”, acrescentou Gardiner.

Gardiner afirmou que o processo pode levar à venda da Volvo, mas que nenhuma decisão final foi tomada e as negociações levarão “algum tempo”. Ele se recusou a identificar as partes interessadas.

No começo deste mês, uma fonte familiarizada com o assunto disse que até cinco compradores potenciais, incluindo empresas chinesas, estavam em negociações para adquirir a Volvo.

A montadora sueca registrou um prejuízo antes de impostos de US$ 736 milhões no quarto trimestre do ano passado, enquanto sua receita caiu 35%, para US$ 3,3 bilhões.

COMMENTS