Delta terá nova linha de Fortaleza para os EUA

A Delta Airlines, companhia aérea americana que opera na Capital cearense desde dezembro último, informou ontem, que a linha que liga a cidade à Atlanta passará a ser direta

Aeroportos são palco de campanha contra a prática do cartel
Embarque de carne de frango despenca
Conferência das Cidades discute aumento da frota de veículos e mobilidade urbana

O trajeto Fortaleza-Estados Unidos estará mais curto a partir de junho. A Delta Airlines, companhia aérea americana que opera na Capital cearense desde dezembro último, informou ontem ao secretário estadual de Turismo, Bismarck Maia, que a linha que liga a cidade à Atlanta deixará de fazer atual escala em Recife, passando a ser direta.

A rota agora será Atlanta/Fortaleza/Atlanta, e terá três freqüências semanais: nas terças e quartas-feiras e no sábado, de acordo com o que informou o secretário. ´Essa mudança envolveu o apoio do Estado, que entrará com um investimento de um milhão e meio de dólares em promoção e marketing durante o ano de 2009´, acrescentou.

Segundo Maia, o vôo direto vai incrementar de maneira significativa o turismo cearense dentro do forte mercado turístico norte-americano. ´Fortaleza vai ganhar importância mundo afora, já que a Delta opera em centenas de destinos no mundo inteiro´, ressalta. Além da expectativa de trazer mais turistas internacionais à capital alencarina, a entrada do vôo direto aos EUA também resultará em ganho à cidade no que diz respeito a serviços de abastecimento das aeronaves e tripulação. ´Isso vai desde o abastecimento de querosene à comida e hospedagem para a tripulação, que terá base aqui´, comenta o secretário, destacando que a alteração das operações da Delta em Fortaleza mostra que a companhia está acreditando no destino Ceará.

Este é o primeiro vôo direto partindo dos Estados Unidos para o Ceará operado por uma operadora norte-americana. Os Estados Unidos são os maiores emissores de turistas do mundo, mas os destinos brasileiros ainda não são tão procurados por lá. No caso da Delta, o Brasil representa hoje 1,5% dos seus negócios, que somam um faturamento global de US$ 34 bilhões. Atlanta é o Hub (centro de distribuição de vôos) da Delta, possuindo o mais movimentado aeroporto do mundo em número de passageiros.

COMMENTS