América Latina Logística pretende abrir 300 postos de trabalho

No RS serão contratados 60 novos profissionais. Uma das unidades está em Canoas

Infraero vai investir R$ 400 milhões em Brasília
Novo dono da Allison quer dobrar as vendas
Associação Comercial do Rio discute implantação do trem-bala

A América Latina Logística (ALL) prevê contratar 300 novos colaboradores este ano. As principais vagas são para o programa de formação de maquinistas, técnicos de via permanente e elétrica e mecânica, além dos tradicionais programas de trainees e engenheiros. A área de atuação para estes profissionais abrange os seis Estados onde a empresa opera – Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. No Rio Grande do Sul serão contratados 60 novos profissionais, nas unidades de Canoas, Porto Alegre, Santa Maria, Rio Grande e Uruguaiana. Destes, 30 serão contratados no primeiro trimestre do ano. Todos passarão por cursos de formação e capacitação na Universidade Corporativa da Empresa (Uniall), com sede em Curitiba.

Na contramão da crise, a empresa pretende crescer 12% este ano e manter investimento de R$ 600 milhões. Entre os principais projetos estão a reforma e aquisição de locomotivas e vagões e o redesenho dos trens para 8 mil toneladas na bitola larga, que compreende o trecho entre Alto Araguaia (MT) e Santos (SP). A operadora logística informa ainda que investirá R$ 9 milhões em treinamento e capacitação em todas as suas unidades no Brasil.

COMMENTS