Infraero confirma início de obras no aeroporto de CG em 2010

Segundo o governador André Puccinelli, a reunião na Infraero serviu para definir o traçado final da expansão que permitirá tornar o aeroporto da Capital uma estrutura com condições para grandes movimentações não somente de passageiros, mas de cargas, e com potencial de se integrar aos modais rodoviário e ferroviário de transporte

Prefeitura de Dourados (MS) promove curso de transporte de cargas
Uso de lâmpadas de xenônio poderá ser regulamentado
Supremo prorroga por mais 180 dias prazo para analisar mérito de ação sobre Cofins

O governador André Puccinelli trouxe na bagagem de volta da viagem a Brasília, ontem (27), o compromisso da Infraero de que o projeto definitivo para a ampliação do Aeroporto Internacional de Campo Grande estará pronto em meados do próximo ano. “Com o projeto pronto, podemos começar a construção, com previsão de finalizar em 2013”, disse o diretor de Operações, João Márcio Jordão.

Segundo André, a reunião na Infraero serviu para definir o traçado final da expansão que permitirá tornar o aeroporto da Capital uma estrutura com condições para grandes movimentações não somente de passageiros, mas de cargas, e com potencial de se integrar aos modais rodoviário e ferroviário de transporte. “Ficou definido o polígono, para sabermos o tamanho final da área. Assim poderá ser feito o projeto executivo do aeroporto industrial de Campo Grande, o Aeroporto Internacional de Cargas”, destacou o governador.

De acordo com o secretário estadual Carlos Alberto de Menezes (Meio Ambientes, Cidades, Planejamento, Ciência e Tecnologia), que também esteve na reunião, em função de necessidades técnicas de geometria, a área de expansão, inicialmente prevista para 1.200 hectares foi ampliada para 1.500 hectares. Outra importante decisão foi a de começar a execução do projeto pelo receptivo. Com as obras de construção e adequação, o terminal de passageiros passará a ter capacidade para embarque e desembarque de até dois milhões de usuários por ano.

O prefeito da Capital, Nelson Trad Filho, demonstrou satisfação após o encontro, porque considera que o avanço na definição do projeto do novo aeroporto é um passo importante na campanha da cidade para ser uma das sub-sedes da Copa do Mundo de Futebol 2014.

No dia 3 de fevereiro, a comissão da Fifa que virá avaliar se Campo Grande tem condições de receber jogos do mundial conhecerá logo na chegada o projeto de ampliação do aeroporto. A apresentação será feita no próprio terminal, logo após a chegada da comissão, prevista para às 14h45.

Desenvolvimento

Além de um trunfo para a Capital na briga para ser no Pantanal a sede da Copa 2014, a expansão do terminal aeroportuário é um dos projetos prioritários do governador André Puccinelli para o desenvolvimento socioeconômico de Mato Grosso do Sul. Desde o início do governo, em 2007, André colocou essa como uma das obras primordiais para fomentar o crescimento industrial e comercial do Estado e iniciou articulações junto aos órgãos federais para obter apoio ao projeto.

O plano de ampliação prevê a construção de mais duas pistas de pouso e decolagem, estacionamento para três mil veículos e terminais para carga e descarga, entre outras obras que darão ao aeroporto a condição de estrutura intermodal capaz de atender ao transporte de pessoas e da produção agroindustrial.

Link para a matéria

COMMENTS