Recuperação de rodovia na região de Guarapuava começa nos próximos dias

Os trabalhos foram divididos em dois segmentos e serão iniciados pelo lote de 48,83 quilômetros entre Guarapuava e o rio Bonito. Apenas neste trecho, o Governo do Paraná vai investir R$ 3,7 milhões

Exportações cearenses despencam quase 30%
Um túnel sob os Andes para o mar
Frota brasileira de veículos está poluindo menos

Começam nos próximos dias as obras de recuperação dos 80 quilômetros da rodovia que liga os municípios de Guarapuava e Pitanga (PRC-466), na região Central do Estado. Os trabalhos foram divididos em dois segmentos e serão iniciados pelo lote de 48,83 quilômetros entre Guarapuava e o rio Bonito. Apenas neste trecho, o Governo do Paraná vai investir R$ 3,7 milhões. O segundo lote, entre o rio Bonito e Pitanga, deve ter a sua ordem de serviço assinada em janeiro de 2009. Serão mais 32,7 quilômetros no valor de R$ 6 milhões. A previsão de conclusão das obras é de um ano.

No total, os recursos vão somar cerca de R$ 9,7 milhões na recuperação da via, que é considerada estrutural para o setor de Transportes no Estado. A PRC-466 faz a ligação das regiões Norte, Vale do Ivaí, Central e Sul do Estado, chegando até a BR-277, principal caminho da produção até o Porto de Paranaguá. Por essa razão, o secretário para Assuntos Rodoviários, Rogério W. Tizzot, reforça que os investimentos representam um grande avanço na infra-estrutura local, que deve ser refletido em toda a economia paranaense.

“Pela sua localização estratégica, fazendo a ligação com a BR-277, a rodovia recebe intenso tráfego de caminhões diariamente. As obras vão diminuir o tempo e os custos da viagem e favorecer o escoamento da produção das regiões Norte e Central. Além de tornar o trajeto muito mais seguro para os profissionais e demais motoristas que precisam utilizar a via”, destacou Tizzot.

Link para a matéria

COMMENTS