Polícia prende quadrilha que assaltou duas praças de pedágio

Um dos assaltantes foi baleado e está internado com ferimentos graves

Ford utilizará crédito de ICMS para expandir fábrica
Transporte de cargas traz deficiência histórica na Bahia
General Motors se dividirá e fatia “ruim” pedirá concordata

A 5ª Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (PRE), da cidade de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, prendeu na manhã desta segunda-feira (17) quatro homens que assaltaram, durante a madrugada, duas praças de pedágio na BR-376. Um dos assaltantes foi baleado e está internado com ferimentos graves.

De acordo com o capitão Edmauro de Oliveira Assunção, quatro homens armados e encapuzados, em um Monza de cor bordô, chegaram por volta de 1 hora na praça pedágio de Ortigueira, no quilômetro 321 da BR-376, renderam os cobradores e levaram o dinheiro de várias cabines. Perto das 2h30, o mesmo grupo repetiu a ação na praça de pedágio de Imbaú, no quilômetro 377 da mesma rodovia.

A equipe da PRE foi acionada. Com o número da placa do veículo, registrado pelas câmeras da praça de pedágio de Imbaú, a polícia encontrou os assaltantes pouco antes das 3 horas, próximo do município de Ortigueira. “Houve perseguição, e os bandidos entraram na zona rural da cidade”, conta Assunção. “Em uma rua sem saída do município, eles abandonaram o carro e entraram no meio do mato”. Na troca de tiros, um dos assaltantes, identificado como Valdir do Amaral, foi baleado e encaminhado para o Hospital Doutor Feitosa, na cidade de Telêmaco Borba, em estado grave. Além do Monza, a polícia apreendeu, com Amaral, um revólver calibre 38 e uma escopeta calibre 12.

Assunção conta que, apesar de ferido, antes de ir ao hospital, Amaral falou à polícia os nomes dos outros três assaltantes, que seriam Claudinei Alves Pedroso, Valdeci Aparecido Dobrê e o adolescente J. C. P., de 17 anos. “Ficamos na cidade, aguardando o dia amanhecer e pedimos auxílio para a Polícia Militar (PM) de Ponta Grossa para ir atrás dos três”, diz o capitão.

Pedroso e o adolescente foram encontrados em residências da cidade e teriam confessado a participação no crime. Dobrê estava escondido em um matagal. Com eles, foi apreendido um total de R$ 2.711, que seria fruto do roubo das praças de pedágio, uma pistola calibre 380, e dois revólveres, um calibre 38 e outro calibre 32.

Os três foram levados à Delegacia de Polícia Civil de Ortigueira. Pedroso tem passagem pela polícia por roubo de gado, enquanto contra Amaral, que está internado, há uma acusação de tentativa de estupro. Os quatro ainda são suspeitos, segundo Assunção, de terem praticado o arrombamento e roubo de dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil, na última sexta-feira (14), e o assassinato de um homem que passava em frente ao banco. Eles serão ouvidos ainda durante a manhã.

A concessionária Rodonorte, responsável pelas praças de pedágio de Ortigueira e Imbaú, informa que ainda não foi calculada a quantia total roubada pelos assaltantes. (Célio Yano – Gazeta do Povo)

Link para a matéria

COMMENTS