Deutsche Post corta 15 mil empregos

O grupo, que tem 31% de suas ações controladas pelo Estado, informou que suspenderia, a partir de 30 de janeiro, suas entregas de correio expresso no mercado doméstico norte-americano

São Francisco estuda cobrar pedágio urbano
Impasse diminui cargas em Navegantes e Itajaí
Carrefour e Renner aquecem disputa pela venda eletrônica

O gigante alemã de logística Deutsche Post informou hoje que suspendeu sua fracassada tentativa de expansão para os Estados Unidos, ao anunciar o corte de 15 mil postos de trabalho na empresa após ter registrado um prejuízo de bilhões de dólares com a crise financeira.

O grupo, que tem 31% de suas ações controladas pelo Estado, informou que suspenderia, a partir de 30 de janeiro, suas entregas de correio expresso no mercado doméstico norte-americano, controladas por sua filial DHL, para focar apenas nas encomendas internacionais.

Como conseqüência, 9.500 empregos serão eliminados, além dos 5.400 já suprimidos neste ano na divisão interna norte-americana, fortemente deficitária. Em um comunicado, o Deutsche Post estimou que a reestruturação custará € 3 bilhões (US$ 3,9 bilhões) em dois anos. (Redação com agências internacionais – InvestNews)

Link para a matéria

COMMENTS