Congonhas é aeroporto exclusivamente doméstico

No aeroporto já não operavam vôos internacionais regulares e charter

Ferroeste irá apresentar nova ligação
Rodovias 324 e 116 terão pedágio ainda este ano
Ferrovia vai ter que esperar verbas

A Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC decidiu ontem (02/09/2008), em reunião da diretoria colegiada, que o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP), terá vôos exclusivamente domésticos. No aeroporto já não operavam vôos internacionais regulares e charter (vôos fretados não regulares de passageiros) e os vôos internacionais da aviação geral (aeronaves particulares de empresas e pessoas físicas, táxi-aéreo etc.) eram cada vez mais raros.

A partir da publicação da decisão no Diário Oficial da União, não serão mais permitidos vôos internacionais em qualquer modelo de aeronave – aviões turbo hélices, a jato, a pistão e outros, além de helicópteros. As alternativas mais próximas são os aeroportos internacionais de Guarulhos (SP) e Viracopos (em Campinas-SP).

Em um aeroporto internacional, são necessárias salas de embarque separadas e equipes da Receita Federal, Polícia Federal, Ministério da Agricultura e Anvisa para atender à regulamentação específica para embarques e desembarques das rotas ao exterior. Ao se tornar doméstico, Congonhas não mais necessitará dessa estrutura, que vinha sendo subutilizada.

Link para a matéria

COMMENTS