Lucro da Volkswagen avança 35% no 2º trimestre

O desempenho positivo foi atribuído ao crescimento da demanda pelos novos modelos da empresa

Governo tenta reaquecer venda de motos com redução de IOF
DHL contrata mais 200 pessoas no Brasil
Polícia Rodoviária Federal lança, no Paraná, novo modelo de patrulhamento de estradas

A Volkswagen, maior montadora da Europa, informou hoje que seu lucro líquido cresceu 35% no segundo trimestre de 2008, para US$ 1,64 bilhão (US$ 2,58 bilhões), em relação ao mesmo período do ano anterior, quando a companhia obteve um lucro líquido de US$ 1,22 bilhão.

O desempenho positivo foi atribuído ao crescimento da demanda pelos novos modelos da empresa, como o utilitário esportivo compacto Tiguan. O resultado foi superior ao projetado pelos analistas, que previam um lucro líquido de US$ 1,29 bilhão. As vendas da montadora cresceram 4,5% entre abril e junho, para US$ 29,5 bilhões.

Martin Winterkorn, chefe-executivo da Volkswagen, espera que os novos modelos de veículos impulsionem as vendas e elevem o lucro operacional de 2008 para um patamar superior ao registrado no ano passado, quando a empresa obteve ganho de US$ 6,15 bilhões.

A companhia alemã planeja construir uma planta em Chattanooga, cidade do Estado norte-americano de Tennessee, que seria a primeira implantação de uma linha de produção nos Estados Unidos desde 1988. A medida visa finalizar com cinco anos consecutivos de perdas no maior mercado automotivo do mundo. A Volkswagen também abriu uma fábrica na Rússia em novembro de 2007. 

COMMENTS