Farmacêuticos terão manual de boas práticas para a indústria

O material, conforme a secretária geral do CFF, Lérida Vieira, tem como base a Resolução 387/02, do CFF, que regulamenta as atividades desses profissionais

GM dispensa US$ 2 bi do governo americano
Consumidores acreditam que setor de combustíveis é onde mais se verifica a prática de cartel
Governo quer um outro aeroporto em VG

Com a proposta de orientar os farmacêuticos que atuam na indústria para as Boas Práticas de Fabricação (BPF), o Conselho Federal de Farmácia (CFF) está elaborando, por meio da Comissão de Indústria e Transporte, o “Manual de Orientação para assunção de responsabilidade técnica industrial e de transporte”. O material, conforme a secretária geral do CFF, Lérida Vieira, tem como base a Resolução 387/02, do CFF, que regulamenta as atividades desses profissionais, definindo que os mesmos devem possuir profundos conhecimentos dessas práticas.

No manual, ainda segundo Lérida Vieira, que é conselheira federal para Rondônia e Acre, serão definidos princípios e linhas de base para atuação do profissional farmacêutico nas indústrias farmacêuticas, cosméticas, de produtos para saúde, veterinárias, de alimentos e farmoquímicas.

Para tratar sobre o transporte de medicamentos, atividade que tem o farmacêutico como responsável técnico a Comissão de Indústria e Transporte do CFF irá promover, ainda neste ano, o I Seminário Nacional de Fabricação, Distribuição e Transporte de Produtos Farmacêuticos e Afins. No evento, que atenderá a uma outra resolução, a de número 433, aprovada em 2005, serão estabelecidos  parâmetros da função, considerando que muitas vezes os medicamentos chegam aos seus destinos com a composição alterada devido à falta de boas práticas de transporte.

A Comissão de Indústria e Transporte do CFF é composta pelos farmacêuticos Ely Camargo(SP), Edson Rollemberg Albuquerque Júnior (SP), Sonja Helena Madeira Macedo (SP) e Maria Goretti Arrais Rezende (GO). 

COMMENTS